Maria Judite de Carvalho é natural de Covas do Douro, Sabrosa, Vila Real.

Publicou POEMAS DA MINHA ANGÚSTIA em 2011, pela Editora Ecopy; POEMAS DE AMOR E ANGÚSTIA em 2011 pela Editora MOSAICO DE PALAVRAS.

Integrou, as Coletâneas ARTE PELA ESCRITA QUATRO, CINCO E SEIS na forma de poesia e prosa.

Editou em 2013, o livro infantil A SEMENTINHA SOU EU na forma de poesia, Edição de autor.

Integrou os volumes I, II, III e IV das coletâneas POÉTICA - Antologias de poesia e prosa poética da Ed. Minerva - 2012 a 2014.

Integrou em 2014 e 2015, a Antologia de Poesia Contemporânea ENTRE O SONO E O SONHO - Vol. V e VI da Chiado Editora.

Integrou em 2015, a coletânea UTOPIA(S ) da Sinapis Editores.

Integrou o volume I da Antologia de Poesia e Prosa-Poética Contemporânea Portuguesa TEMPLO DE PALAVRAS – I, II, III e IV da Ed. Minerva.

Integrou em 2016 a colectânea TEMPO MÁGICO da Sinapis editores.

Integrou em 2016 a coletânea PARADIGMAS(S) das Edições Colibri.

Integrou a antologia ENIGMA(S) da Sinapis editores em 2016.

Integrou, em 2017, o volume I da antologia ECLÉTICA, com coordenação literária de Célia Cadete e de Ângelo Rodrigues, das Edições COLIBRI.

Em 2017 publicou - PEDAÇOS DO NOSSO CAMINHO - na forma de poesia com fotografias de Jorge Costa Reis



domingo, 3 de julho de 2016

FLORES SOLIDÁRIAS


Tudo se transforma
Dizem alguns mortais,
Mas algo se vai perdendo
Afirmam os demais.

Em cada Primavera
Os pássaros teimosamente
Continuam a construir
Os seus ninhos
E as andorinhas 
Voltam sempre
Ao mesmo espaço,
Mas as flores...
Ah as flores!
As flores solidárias
Morreram no jardim
Da nossa rua
E nunca mais floriram,
Porque deixaste
De ser meu,
Sem eu deixar 
De ser tua.

26-05-2015

PUBLICADO  NA ANTOLOGIA - TEMPLO DE PALAVRAS -2
ISBN: 978-972-591-876-0
DEPOSITO LEGAL nº. 390905/15

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.