Maria Judite de Carvalho é natural de Covas do Douro, Sabrosa, Vila Real.

Publicou POEMAS DA MINHA ANGÚSTIA em 2011, pela Editora Ecopy; POEMAS DE AMOR E ANGÚSTIA em 2011 pela Editora MOSAICO DE PALAVRAS.

Integrou, as Coletâneas ARTE PELA ESCRITA QUATRO, CINCO E SEIS na forma de poesia e prosa.

Editou em 2013, o livro infantil A SEMENTINHA SOU EU na forma de poesia, Edição de autor.

Integrou os volumes I, II, III e IV das coletâneas POÉTICA - da Ed. Minerva - 2012 a 2014.

Integrou em 2014 e 2015, a Antologia de Poesia Contemporânea ENTRE O SONO E O SONHO - Vol. V e VI da Chiado Editora.

Integrou em 2015, a coletânea UTOPIA(S ) da Sinapis Editores.

Integrou o volume I da Antologia de Poesia e Prosa-Poética Contemporânea Portuguesa TEMPLO DE PALAVRAS – I, II, III e IV da Ed. Minerva.

Integrou em 2016 a colectânea TEMPO MÁGICO da Sinapis editores.

Integrou em 2016 a coletânea PARADIGMAS(S) das Edições Colibri.

Integrou a antologia ENIGMA(S) I da Sinapis editores .

Integrou, a antologia ECLÉTICA, I E II com coordenação literária de Célia Cadete e de Ângelo Rodrigues, das Edições COLIBRI.

Em 2017 publicou - PEDAÇOS DO NOSSO CAMINHO - na forma de poesia com fotografias de Jorge Costa Reis



terça-feira, 22 de novembro de 2016

A MINHA SAIA VELHINHA

Coreto da Arca D'Água

A  MINHA SAIA VELHINHA
Eu tenho uma saia velhinha
Toda cosidinha com linhas de cor,
Herdei-a da minha avózinha,
Que a coseu sozinha
Com muito amor.

Vestiu-a quando era novinha,
Para ir ao baile 
Contente dançar,
Com roda e cinta franzida
Fazia balão para encantar.

Meu avô que estava no baile,
Olhou para ela e fê-la corar,
O tempo foi uma promessa
E minha avózinha 
Muito apaixonada,
Foi para a igreja,
Para se casar.

Nasceu a minha mãe 
Muito pequenina
Que linda ela era, 
Cresceu, cresceu, foi menina,
Namorou meu pai
Que casou com ela. 

Meu Pai
Que era bonito, 
Era um lindo jovem
Que muito lhe agradou,
Logo lhe deu sua mão
E num abraço apertado
Se uniram num beijo,
E minha mãezinha
Também se casou.

Nasci e fui um bebézinho,
Cresci com miminho
E por isso aqui estou,
Espero ser um bom ser humano,
Feliz e contente
Como a minha família
Muito bem me ensinou.

12-03-2013 - Autora: Maria Judite de Carvalho (Costa Reis)
"Resevados os direitos de autor."

2 comentários:

  1. amiga que poetisa com publicações e tudo ...continue adorei

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Kamanga, pela visita e comentário. Espero que volte ...

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.