Maria Judite de Carvalho é natural de Covas do Douro, Sabrosa, Vila Real.

Publicou POEMAS DA MINHA ANGÚSTIA em 2011, pela Editora Ecopy; POEMAS DE AMOR E ANGÚSTIA em 2011 pela Editora MOSAICO DE PALAVRAS.

Integrou, as Coletâneas ARTE PELA ESCRITA QUATRO, CINCO E SEIS na forma de poesia e prosa.

Editou em 2013, o livro infantil A SEMENTINHA SOU EU na forma de poesia, Edição de autor.

Integrou os volumes I, II, III e IV das coletâneas POÉTICA - Antologias de poesia e prosa poética da Ed. Minerva - 2012 a 2014.

Integrou em 2014 e 2015, a Antologia de Poesia Contemporânea ENTRE O SONO E O SONHO - Vol. V e VI da Chiado Editora.

Integrou em 2015, a coletânea UTOPIA(S ) da Sinapis Editores.

Integrou o volume I da Antologia de Poesia e Prosa-Poética Contemporânea Portuguesa TEMPLO DE PALAVRAS – I, II, III e IV da Ed. Minerva.

Integrou em 2016 a colectânea TEMPO MÁGICO da Sinapis editores.

Integrou em 2016 a coletânea PARADIGMAS(S) das Edições Colibri.

Integrou a antologia ENIGMA(S) da Sinapis editores em 2016.

Integrou, em 2017, o volume I da antologia ECLÉTICA, com coordenação literária de Célia Cadete e de Ângelo Rodrigues, das Edições COLIBRI.

Em 2017 publicou - PEDAÇOS DO NOSSO CAMINHO - na forma de poesia com fotografias de Jorge Costa Reis



segunda-feira, 24 de outubro de 2016

MULHER DO DOURO


MULHER DO DOURO

Filha da terra barrenta
E do xisto multicor,
Nascida da cópula dos montes,
As raízes foram teu berço
Regadas com os teus olhos,
Que sempre fizeram de fontes
Para acalmar teus escolhos.

De verde te foste vestindo
Sobre os socalcos xistosos,
Da felicidade nasceste incógnita,
Sem saberes onde abraça-la,
Fizeste da vida luta
Esperando encontra-la

Depois!... Depois,
Te molhaste na chuva fria,
Debaixo do ribombar dos trovões, 
Que apagava o teu sonhar
E te anulava as ilusões.

Vives sonhando e cantando
Cantos rimados de amor,
Para colorir os socalcos
Que regas com teu suor,
Numa poesia sem fim
Rimada com o entardecer,
O Douro te viu nascer 
E aos poucos te vê morrer.

23-01-2014 - Autora: Maria Judite de Carvalho (Costa Reis)
"Resevados os direitos de autor."

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Agradeço o seu comentário.